Regionalidade

O objectivo da viticultura no mundo inteiro é produzir uvas com a melhor qualidade possível, em preparação para a produção do vinho. As principais influências da composição do solo, da temperatura nas diversas fases da estação, a precipitação, a exposição ao vento, a topografia e a orientação, todos desempenham um papel importante na determinação dos locais de excepção para a produção de um vinho de alta qualidade. A capacidade de exprimir o carácter e as condições da vinha no produto final é um dos atributos mais procurados num vinho de requinte.


A regionalidade, igualmente conhecida como “terroir”, não só exprime os factores ambientais, como também o factor humano. Os conhecimentos são transmitidos de geração em geração, evoluindo de forma consistente, preservando e expandindo simultaneamente séculos de herança.


Descobrir os caracteres únicos de diferentes regiões é uma oportunidade para conhecer com mais pormenor a proveniência e a história de um vinho.

O vinho como um recurso: Uma indústria vital, património ecológico, uma forma de vida


A União Europeia é a líder mundial em produção, consumo, exportação e importação de vinho. De facto, a Europa produz mais de metade do vinho do mundo e a produção de vinho é uma actividade económica essencial para muitas economias regionais. A plantação de vinhas e a produção de vinho também desempenham um papel importante a nível da actividade e do emprego em áreas rurais de muitos estados membros da UE e nas suas regiões.


Em 2005, havia cerca de 1,3 milhões de pequenas quintas com vinhas para produção de vinho na UE-25, representando mais de 20% da totalidade de quintas da UE. Essas quintas, a ocupar mais de 3,4 milhões de hectares de terra, representam aproximadamente 20% do emprego total em agricultura na UE, empregando mais de três milhões de pessoas, tendo ainda a mão-de-obra familiar um papel muito relevante. Juntamente com os trabalhos permanentes, há também o emprego sazonal na colheita. Os países mediterrânicos (Itália, Portugal, França, Espanha e Grécia) empregam 84% da mão-de-obra total usada nas pequenas quintas com vinhas. Olhando para a evolução das pequenas quintas agrícolas com vinhas ao longo do tempo, tem havido uma descida significativa no número de pequenas quintas (de 2,1 milhões em 1990 para 1,3 milhões em 2005) e no nível correspondente de emprego. Estes resultados são indicadores claros do processo longo de reestruturação que está a acontecer no sector europeu do vinho.


A dimensão socioeconómica do cultivo da vinha vai para além da actividade agrícola nas vinhas e devem também ser tidas em conta as actividades ligadas à produção de vinho, como por exemplo: o comércio e o marketing do vinho, produção de barris de carvalho, garrafas, rótulos, cápsulas e rolhas; desenvolvimento do enoturismo.


O sector do vinho também tem contribuições consideráveis para o ambiente. A vinha assegura presença humana em áreas frágeis que muitas vezes têm falta de outro valor económico real. As videiras plantadas nas encostas das montanhas ajudam a evitar a erosão do solo e podem também ajudar na protecção contra incêndios uma vez que a pouca densidade dos seus rizomas ajudam e evitar o alastramento do incêndio.


Como o sector do vinho acrescenta valor às paisagens e contribui para a sua preservação, a Convenção Europeia da Paisagem também concede uma relevância particular às vinhas. Além disso, baseados nas provisões da Convenção Europeia da Paisagem relativamente à protecção, gestão e planeamento das paisagens, foram desenvolvidos muitos estudos para realçar o valor, estabelecer códigos para melhorar práticas, preservar o ambiente e promover as paisagens com vinhas como um rótulo de turismo de qualidade.

01/07/2014 | Cultura
Argentina Regions
Wines of Argentina Argentina boasts a wealth of natural resources and areas of great scenic beauty, including high summits and plains, lush forests and absolutely arid deserts, woods and steppes, glaciers and waterfalls. Any landscape you may imagine, you can find somewhere on Argentine soil.
03/10/2013 | Cultura
Statistics of the world vitiviniculture sector
Logo of the International Organisation of Vine and Wine (OIV) O.I.V. annual statistics report on the world vitiviniculture situation.
Share on Facebook Share on twitter Share on google plus Pin It e-mail