Capacitar os profissionais do vinho e promover práticas comerciais responsáveis.



Formação profissional

Formar profissionais para melhorar os conhecimentos e as competências em matéria de vinho, saúde e aspetos sociais.


Com a educação no cerne do Programa Vinho com moderação, foram desenvolvidos seminários, programas educacionais e formações internas pelos membros da associação WiM, com o intuito de aumentar os conhecimentos, as competências e as aptidões dos profissionais do vinho. O seu objetivo consiste em ajudar estes profissionais e respetivos clientes a fazer escolhas bem informadas e responsáveis que sejam compatíveis com um estilo de vida saudável e reduzir o consumo indevido e abusivo de bebidas alcoólicas.


Seguindo o princípio geral do Wine in Moderation, os programas educacionais são implementados e organizados a nível nacional e podem ser personalizados para responderem melhor às necessidades específicas dos grupos nacionais e profissionais. As parcerias com intervenientes específicos da cadeia de valor do vinho permitem incluir mais formações sobre o consumo responsável nos currículos dos profissionais do vinho (gestores, enólogos, escanções, setor HORECA, etc.).


Além disso, sob a coordenação da Associação WiM, o programa tenta introduzir um módulo de formação sobre o consumo responsável de álcool e práticas responsáveis (serviço, comercialização e comunicação responsáveis) no currículo de formação dos principais profissionais do vinho e fornecer abordagens e ferramentas educacionais inovadoras.


Um dos projetos que contribuíram, em grande medida, para este plano foi a Parceria EFP - "Art de Vivre", financiada pelo (Programa Leonardo da Vinci) da Comissão Europeia.


Saiba mais sobre o programa de parceria EFP - "Art de Vivre" e as ferramentas inovadoras
.


Comunicação social responsável

Promover e aplicar práticas de autorregulação para garantir responsabilidade na comunicação comercial do vinho.


A publicidade e a comunicação comercial podem ser uma ferramenta importante para os produtores e as empresas, ajudando-os a melhorar a quota de mercado, a garantir a fidelização dos clientes e a fornecer informações sobre o produto ao público. É essencial que os interesses económicos legítimos dos consumidores e o seu direito à informação e à liberdade de escolha sejam tidos em consideração aquando da execução da comunicação comercial.


Princípios da Comunicação dos Vinhos

A forma como o vinho é tradicionalmente apresentado, comunicado e servido aos consumidores induz moderação. As comunicações comerciais sobre o vinho devem cumprir a legislação aplicável e os códigos de conduta autorreguladores existentes, no que diz respeito à forma, ao conteúdo e ao meio de comunicação.


O setor vitivinícola está empenhado na responsabilidade social em relação aos consumidores e sociedade, através do reforço e intensificação da promoção de publicidade responsável sobre vinho e da modelação das comunicações comerciais sobre produtos vitivinícolas de uma forma que não promove o consumo prejudicial.


O setor vitivinícola estabeleceu os Princípios da Comunicação dos Vinhos, tendo em consideração as características específicas do setor, visando:

  • reforçar as tradições da apresentação, comunicação e disponibilização do vinho aos consumidores, como forma de promover a moderação e a responsabilidade;

  • garantir que as comunicações comerciais sobre os produtos vitivinícolas não incentivam nem aceitam o consumo excessivo ou o uso indevido de qualquer natureza.


Estas normas são estabelecidas como um conjunto de princípios básicos que agem de forma complementar com a legislação existente e com os requisitos das boas práticas comerciais e fornecem diretrizes para a aplicação das melhores práticas por parte de mecanismos nacionais de autorregulação e códigos de empresa.


Para mais informações sobre o ambiente autorregulador e legislativo para as comunicações comerciais, consulte os nossos "Princípios da Comunicação dos Vinhos".



Incentivar a comunicação responsável

Paralelamente ao estabelecimento dos Princípios da Comunicação dos Vinhos e à sua aplicação a nível nacional através de regimes de autorregulação do setor, foram igualmente lançadas atividades adicionais, em cooperação com intervenientes da cadeia de valor do vinho mais ampla, a fim de promover e educar no âmbito da comunicação responsável.


Born Digital Wine AwardsEm 2015, a Associação WiM apoiou o lançamento dos prémios de comunicação sobre vinho, denominados "
Born Digital Wine Awards brought to you by Wine in Moderation (BDWAbyWIM)", promovendo uma cultura positiva do vinho no mundo da comunicação e motivando os escritores e os comunicadores do vinho a incentivarem ainda mais a responsabilidade e a moderação na comunicação e apreciação do vinho.

Os prémios, organizados todos os anos, receberam o reconhecimento de personalidades de renome ligadas ao vinho e acolheram entradas de mais de 20 países de todo o mundo, em 6 línguas diferentes.


Com o intuito de promover ainda mais os princípios orientadores da comunicação responsável, a Associação WiM associou-se à Federação Internacional de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Bebidas Espirituosas (International Federation of Wine and Spirits Writers).


Documentação científica

Disponibilizar informações científicas fundamentadas, relevantes e sólidas, a fim de garantir a credibilidade, melhorar as ações e facilitar o diálogo.


Wine Information Council WebsiteOs factos científicos tiveram sempre um papel importante no Programa Vinho com moderação. O
Conselho de Informação sobre Vinho (WIC - Wine Information Council) foi criado em 2009 e, desde então, tem mantido uma plataforma que traça, reúne, seleciona (critérios ANZFA) e divulga informações científicas objetivas, facilita o diálogo entre cientistas, aumenta a sensibilização e os conhecimentos entre os profissionais do vinho e melhora a comunicação e as atividades do programa.


O grupo consultivo do WIC, um grupo de cientistas de renome que se reúne com regularidade, presta aconselhamento sobre as últimas questões científicas e apresenta propostas sobre a documentação científica do Programa Vinho com moderação.


Para mais informações sobre os últimos factos científicos, visite os sítios Web www.wineinformationcouncil.eu e procure a base de dados central que reúne estudos relevantes sobre os aspetos de saúde, sociais e culturais relativos ao consumo de vinho.

-- |
Training for Sommelier Profession
Sommelier

The table presented below proposes a training module on wine, health and responsible drinking/serving to be integrated in any national training curricula of the Sommelier Profession as part of their certification or continuous training.

-- |
Training for Physicians
Physician

The table presented below proposes a training module on wine, health and responsible drinking to be integrated in the continuous training of medical doctors.

-- |
Training for Oenologist Profession
Oenologist

The table presented below proposes a training module on wine, health and responsible drinking to be integrated in any national training curricula of the Oenologist Profession as part of their formal education or continuous training.

-- |
Market and Training Needs Analysis (M&TNA) Report
Market and Training Needs Analysis Reports

The Market and Training Needs Analysis Reports (M&TNA) and the respective National reports are one of the most important deliverables of the Partnership that may serve as valuable and comprehensive sources of information for professional actors in the whole wine business as well VET area. The M&TNA Report identifies VET needs of key job profiles taking into account differences in approaches, tools, structures, material as well as the issues related to European and national alcohol & health policy, regulatory framework and the health and social aspects of wine drinking.

Share on Facebook Share on twitter Share on google plus Pin It e-mail