Beber e conduzir – nunca exceder os limites da TAS (taxa de Álcool no Sangue) para condutores

Como com qualquer outra bebida alcoólica, o consumo de vinho afecta a capacidade de desempenhar algumas actividades como conduzir.


Taxa de Álcool no Sangue (TAS):

  • TAS é a quantidade de álcool na corrente sanguínea: uma TAS de 0,5% significa que o indivíduo tem 0,5g de álcool no corpo por cada 1 litro de sangue.

  • Ao tomar uma bebida padrão de 10g de álcool a TAS normalmente aumenta até 0,2-0,3 por cada uma das bebidas. A TAS irá geralmente diminuir aproximadamente 0,2 -0,1 por hora (3/4 para uma bebida padrão, ou 8g de álcool por hora).

  • A TAS aumenta bruscamente quando o álcool é consumido com o estômago vazio.


Absorção do álcool

Depois de uma bebida alcoólica ser consumida, o álcool é rapidamente absorvido do estômago e intestino para a corrente sanguínea. O nível de álcool no sangue após a ingestão de um número específico de bebidas depende da velocidade de ingestão e da velocidade a que é processado no fígado. A capacidade de processamento do álcool no fígado é limitada, de modo que, se existir mais álcool no sangue do que a sua capacidade de processamento, o restante álcool circulará no sangue para outros órgãos e tecidos do corpo, como o cérebro. Normalmente o álcool começa a afectar o cérebro 5 minutos após a ingestão.


A influência do álcool nos indivíduos variará de acordo com o tamanho, constituição física, sexo, saúde geral, metabolismo e/ou as condições sob as quais o álcool é consumido (por ex. Com ou sem comida). Por exemplo, a TAS de uma mulher normalmente aumenta mais do que a de um homem porque as mulheres têm tendência para serem mais pequenas e a terem mais tecido gordo por kg de peso corporal do que o homem. Os homens também têm mais água corporal, assim, o álcool é mais concentrado no sangue de uma mulher que consuma o mesmo número de bebidas que um homem. Para além disso, as mulheres têm menos enzimas que metabolizam o álcool no seu estômago e fígado.


Devido à multiplicidade de factores que afectam a TAS é muito difícil estimar a nossa própria TAS ou alteração. O álcool diminui continuamente a capacidade de uma pessoa conduzir um veículo com motor de forma segura. Na listagem que se segue figuram algumas das consequências negativas que se seguem ao consumo de bebidas alcoólicas.


Impacto do álcool na capacidade de condução

Consequências nas funções psicomotoras do condutor
  • A capacidade de reacção e a coordenação diminuem
  • A capacidade de julgar a velocidade, distância e posição relativa do veículo é afectada
  • A capacidade de seguir uma trajectória ou de encarar um evento inesperado é afectada

Consequências na visão do condutor
  • O campo de visão e a visão periférica alteram-se
  • A recuperação da visão após encandeamento é mais demorada
  • Mesmo com níveis baixos de álcool no sangue, a capacidade de ver, seguir e contornar objectos é deteriorada

Consequências para o comportamento e atitude
  • O álcool pode alterar o comportamento da condução e as reacções podem tornar-se agressivas ou negligentes
  • Pode induzir sentimentos de excesso de confiança que podem dar origem a decisões imprudentes

O melhor conselho é evitar conduzir quando beber bebidas alcoólicas. De qualquer forma, os limites de TAS estabelecidos para os condutores nunca devem ser excedidos!


Por estas razões, todos os estados membros da UE estabeleceram limites legais de TAS para os condutores.

Limite legal de teor de álcool

Para os novos condutores

Para motoristas profissionais

Portugal

0.5 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰

Alemanha

0.5 ‰

0 ‰ (para 2 anos e para menores de 21 anos)

0 ‰ (para o transporte de passageiros, os motoristas de ônibus, bem como para o transporte de mercadorias)

Áustria

0.5 ‰

0.1 ‰ (para 2 anos e para menores de 20 anos)

0.1 ‰

Bélgica

0.5 ‰

0.5 ‰

0.2 ‰

Dinamarca

0.5 ‰

0.5 ‰

0.5 ‰

Espanha

0.5 ‰

0.3 ‰ (por 2 anos)

0.3 ‰ (por 2 anos)

Finlândia

0.5 ‰

0.5 ‰

0.5 ‰

França

0.5 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰ (para condutores de autocarro)

Irlanda

0.5 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰

Itália

0.5 ‰

0.0 ‰

0.0 ‰

Luxemburgo

0.5 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰

Holanda

0.5 ‰

0.2 ‰ (por 5 anos)

0.5 ‰

Noruega

0.2 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰

Reino Unido

(Escócia)

0.8 ‰

(0.5 ‰)

0.8 ‰
(Escócia 0.5 ‰)

0.8 ‰
(Escócia 0.5 ‰)

Suécia

0.2 ‰

0.2 ‰

0.2 ‰

Suisse

0.5 ‰

0.1 ‰

0.1 ‰


Fonte
: Gabinete Federal de FOPH Saúde Pública (Suíça) -http://www.bag.admin.ch/themen/index.html?lang=en


Para mais informações sobre padrões de consumo de vinho e a saúde, visite o sítio www.wineinformationcouncil.eu

Em caso de dúvida, e para qualquer questão relacionada com os seus hábitos de consumo e a sua saúde, deve consultar sempre o seu médico de família.
Share on Facebook Share on twitter Share on google plus Pin It e-mail